PMBoK

| No Comments | No TrackBacks

Às vezes ouço as pessoas dizendo que vai usar a "metodologia PMBoK" para conduzir algum projeto. Esses dias vi uma polêmica sobre um artigo no iMasters onde o autor descia a lenha nas metodologias ágeis, e que nos comentários também se repetiu isso.

Acho que vale a pena um esclarecimento: PMBoK não é uma metodologia de gerenciamento de projetos, na verdade a sigla é simplesment Project Management Book of Knowledge, que descreve um conjunto de nomenclaturas e áreas de conhecimento relacionadas ao gerenciamento de projetos.

De uma maneira clara, nada impede de você usar o que está escrito no PMBoK para gerir um projeto em Scrum ou eXtreme Programming, da mesma forma que nada impede de você gerir um projeto não-agil sem estar alinhado com as questões listadas no PMBoK.


O maior valor do PMBoK está em estabelecer os 8 eixos que qualquer gerente de projetos (em qualquer área) precisa estar atento, quando desenvolve um projeto. Os eixos são:



  • Escopo
  • Tempo
  • Custo
  • Qualidade
  • Risco
  • Recursos Humanos
    <LI<Comunicação
  • Aquisições


O próprio livro diz que cabe ao gerente de projetos definir o quanto cada um desses eixos é relevante para o sucesso do projeo. Da mesma forma, apesar de o PMBoK descrever um conjunto de processos para cada um desses eixos, em cada uma das fases de desenvolvimento do projeto, esses processos tem um papel de equalizar o "idioma" dos gerentes de projeto, uma vez que são listados quase todos os processos possíveis de serem feitos no gerenciamento de um projeto. Novamente cabe ao gestor decidir quais processos irão agregar valor ao projeto.


Para concluir, metodologia de gestão de projetos vão ser sempre específicas ao tema. E apenas para esclarecer a questão das metodologias ágeis: a linha de corte, para mim, entre uma metodologia ágil e não-ágil é a definição prévia do escopo vs a definição de que o escopo é flutuante, ou seja, se em um determinado projeto o escopo é flutuante e a entrega de um conjunto pequeno desse escopo já resulta em valor, dizer que usa metodologia ágil sem esses dois elementos é dar uma de avestruz.

No TrackBacks

TrackBack URL: http://daniel.ruoso.com/cgi-bin/mt/mt-tb.cgi/200

Leave a comment

About this Entry

This page contains a single entry by Daniel Ruoso published on October 16, 2009 11:43 PM.

Fortaleza.PM was the previous entry in this blog.

Diferenças entre métodos ágeis e tradicionais is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.